A F I N A Ç Ã O   D E   P I A N O S

 

Seu piano foi projetado para ser afinado em A-440 (Lá acima do Dó central vibra a 440 ciclos por segundo), conhecido como tom universal. Nesta tonalidade, seu piano produz uma qualidade superior de sonoridade com maior potência e vibração, além de equilibrar a afinação com outros instrumentos. Quando seu piano estiver abaixo do tom natural, será necessário fazer uma série de afinações até adquirir afinação mais equilibrada. Conservando o seu piano sempre afinado e, na tonalidade natural, você conseguirá manter uma afinação estável e por período mais prolongado, evitando carga excessiva sobre as cordas do instrumento.


Por que meu piano desafina?


Um piano desafina, principalmente, por duas razões essenciais: o assentamento das cordas, quando um piano é novo, e o esterçamento das madeiras de sustentação em razão da variação da temperatura. No caso de pianos novos, o tom cai rapidamente durante os dois primeiros anos, quando as cordas atingem seu esticamento máximo e as madeiras do instrumento cedem ao seu limite. É muito importante que qualquer piano novo receba afinação apropriada durante este período, para que as cordas e sua estrutura proporcionem afinação mais equilibrada (os fabricantes de pianos recomendam de três a quatro afinações no primeiro ano, e pelo menos, duas por ano após este período).


Há muito tempo sem afinar, é possível recolocar a afinação em A-440?


Se um piano não foi afinado por longo período, o tom provavelmente terá caído muito abaixo de A-440. Isto significa que, cada uma das aproximadamente 220 cordas precisarão ser esticadas consideravelmente, provocando tensão adicional na estrutura do piano. O problema é que, a cada corda que vai sendo esticada, aquela região do piano vai cedendo, provocando, então, nova queda naquelas que já foram afinadas. Então, fica impraticável dar uma afinação muito apurada. O mais recomendável, nestes casos, é fazer uma pré-afinação onde o piano recebe afinação até A-445 (alguns pianos antigos poderão ter algumas cordas arrebentadas), e após no máximo 30 dias, receber uma afinação fina. Em outras palavras, uma afinação apurada só poderá ser executada quando a mesma estiver próxima da tonalidade natural.


Quanto tempo um piano resiste sem precisar de pré-afinação?


Depende muito do tamanho e da qualidade do piano, e se este instrumento recebia afinações periódicas quando novo. Podemos informar que o percentual de 25% abaixo do tom natural já é suficiente para uma pré-afinação do seu piano (período aproximado de 3 a 4 anos).


Qual é o tempo necessário para o técnico fazer uma pré-afinação?


A pré-afinação é essencialmente um procedimento especial para uma afinação normal. Executada por um técnico qualificado, leva praticamente o mesmo tempo ou, um pouco menos, que uma afinação natural. Após esta, seu piano já se estabelecerá na tonalidade natural. Porém, por longo período sem afinações, em poucos dias, este já terá notas dissonantes.
Lembre-se que, assim como um carro, seu piano é um bem precioso que precisa de manutenção periódica para funcionar perfeitamente e manter o seu valor. O mais importante é que um piano bem afinado e regulado soa melhor, proporcionando mais prazer ao pianista.


Sempre conjuntamente à afinação, seu piano deve ser entonado. A entonação proporciona um timbre equilibrado e você pode escolher que tipo de timbre seu piano deve ter. Consulte informações de afinação e entonação pelo email O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou pelo Telefone Principal 51 9117 7799. Atendimento em todo o Brasil e Uruguai.